20/08/2015 às 09h14min - Atualizada em 20/08/2015 às 09h14min

Autopista quer revisão de contrato para conceder isenção em Monte Castelo

jmais

Reunião realizada nesta quarta-feira, 19, na sede da Autopista Litoral Sul, em Monte Castelo, resultou em acordo entre o superintendente da empresa, Antonio Cesar Ribas Sass, e membros de uma comitiva que contesta o pedágio cobrando de quem usa a rodovia BR-116 apenas para atravessar a cidade de um lado para o outro. No sábado passado, manifestantes bloquearam o trânsito pela rodovia por três horas.

Da reunião, ficou decidido que três representantes dos manifestantes vão à Brasília no começo de setembro, acompanhados de Sass, para pedir à Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) o reequilíbrio do contrato de concessão mediante a isenção dos moradores castelenses que usam a rodovia para transitar dentro da cidade.

Há casos de moradores que gastam até R$ 600 por mês com o pedágio.

Sass informou ainda que a tarifa de R$ 4,10 deve subir em outubro por causa dos caminhões de eixo erguido que estão transitando pela rodovia. O reajuste deve ser de 3,16%.

Os manifestantes devem fazer uma ação entre amigos para custear a viagem de seus representantes à Brasília.

 


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »