03/02/2016 às 09h58min - Atualizada em 03/02/2016 às 09h58min

Mais de 2100 agricultores participam do 1º dia do CDA de Bela Vista do Toldo

O primeiro dia do Campo Demonstrativo Alfa – CDA 2016 em Bela Vista do Toldo nesta terça-feira, 2, superou as expectativas da organização em termos de presença de público. Foram registradas as presenças de mais de 2.100 participantes, sendo que a previsão era de 1.800 pessoas no primeiro dia.

Apesar disso, tudo transcorreu na maior traquilidade, já que a equipe da Cooperalfa estava preparada para receber um número maior de pessoas.

Serão três dias apresentando inovações, aperfeiçoamentos e novidades que vêm revolucionando a atividade no agronegócio.

Para Luiz Carlos Giongo, gerente de Assistência Técnica da Cooperalfa, o CDA é “um manto tecnológico que blinda as estratégias de gestão dentro da porteira, num ano de aperto e cautela”.

Surpreendente! Essa é a palavra do gerente de assistência técnica da Cooperalfa, Luiz Carlos Giongo, para resumir o primeiro dia do 11º Campo Demonstrativo Alfa em Bela Vista do Toldo, evento que vai até dia 04 de fevereiro e tem o apoio da MaxiCrédito, SENAR e SESCOOP. A previsão inicial, que era de 1800 pessoas, conforme reservas feitas nas filiais, bateu as 2.100 neste dia 02. Desta forma, a meta de 5 mil participantes até quinta-feira, facilmente será superada.

A família associada à Cooperalfa atendeu o chamamento, revelando alto interesse nas palestras, “prova de que o associado está buscando atualização e, num ano de maior dificuldade, está buscando os ajustes finos da gestão”, disse Giongo. O tema do evento, “Bom Planejamento, Ótimos Resultados”, na ótica de Giongo, vem a calhar com um ano de aperto e cautela. “Essa é a maior prova de que o CDA é um manto tecnológico que blinda as estratégias de competividade dentro da porteira”.

A estrutura que as empresas montaram em Bela Vista do Toldo chamou a atenção. Os expositores se prepararam para um evento mais vigoroso e marcante. Essa aposta pesada dos investidores, bem mais do que em 2015, ajuda ao CDA superar recordes a cada ano, especialmente na qualidade de tudo o que é apresentado em termos de aprendizagem. “É uma excelência constante, o que revela o quanto os envolvidos são comprometidos”, escreveu o gerente de assistência técnica da Cooperalfa. Ele acredita que em parte, isso decorre da descentralização, onde cada um se sente mais copartícipe, porém, isso não é tudo. `Para Giongo, a cada momento as pessoas ampliam a lista das inquietudes necessárias, o que não são impostas pela liderança. É uma atitude inovadora permanente, assumida por todos, e essa performance de equipe coesa emerge onde há espaço voluntário para tal comportamento”.

O gerente indaga: “Quanta informação vai ao campo e se transforma em melhorias de produtividade? Nem nós sabemos”. Em 2015, a Cooperalfa efetivou 110 mil atendimentos aos associados, isto é, mais de 300 por dia. Foram 25 mil pessoas presentes em eventos nas filiais nos últimos 12 meses. “É a melhor prática, não tem nada de teoria sem fundamento, são ações validadas, sem contar os fluxos oficiais nas veias como emissoras de rádio, jornal O Cooperalfa, imprensa regional, redes sociais e outras. O papel que a Cooperalfa desempenha na agricultura é incomensurável”.

Com informações do Jmais


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »