20/01/2016 às 15h07min - Atualizada em 20/01/2016 às 15h07min

Princípio de rebelião após pente-fino realizado no Presídio Regional de Mafra

Na noite de segunda-feira (18), um princípio de rebelião foi registrado no presídio regional de Mafra. Segundo o gerente da unidade, Helton Neumann Leal, por volta das 18 horas foi iniciada uma operação pente-fino nas quatro galerias e na ala feminina. O trabalho resultou na apreensão de 14 telefones celulares, 30 chips de telefonia móvel, fones de ouvido, pendrives, drogas, armas brancas, isqueiros e outros materiais proibidos.

Após o encerramento da operação, por volta das 23 horas, alguns presos se revoltaram. “Os internos iniciaram um movimento de subversão à ordem e à segurança da unidade”, explica Helton, contando que agentes penitenciários e policiais militares contornaram a situação em seguida.

Profissionais das unidades prisionais avançadas de Canoinhas e Porto União apoiaram os trabalhos de contenção do princípio de rebelião, bem como o Pelotão de Patrulhamento Tático (PPT) e o Canil da PM de Mafra. Policiais militares chegaram a utilizar munições antimotim para controlar a revolta.

Fonte: A Gazeta


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »