26/04/2020 às 10h32min - Atualizada em 26/04/2020 às 10h32min

Santa Catarina projeta retorno aos treinos na sexta-feira e finais do campeonato até 7 de junho

G1
Santa Catarina comemorou no sábado o registro de 48 horas sem óbitos, tem 1235 casos confirmados de Covid-19, bem abaixo da média nacional, e 16,8% de ocupação dos leitos de UTI. O estado que assustou o Brasil, por reabrir shoppings centers em Blumenau, aproveita os números baixo da epidemia em seu território e os clubes projetam o retorno o mais rapidamente possível. A ideia é voltar aos treinos no dia 1 de maio e retomar os jogos três sábados depois, dia 16 de maio.

"Vamos sempre seguir as recomendações das autoridades da saúde", diz o CEO da Associação de Clubes, Cláudio Gomes. Ele foi designado pelos times catarinenses para organizar o processo, pensar no retorno e elaborar o protocolo de saúde, necessário para qualquer hipótese de volta aos treinos -- e principalmente aos jogos.
"Todo mundo está esperando alguém se manifestar, decidir ir além. Alguém vai ter de tomar a iniciativa", diz Cláudio Gomes. Ele indica que haverá um protocolo rigoroso de saúde e estádios vazios. "A ideia agora é recuperar o calendário. Não podemos ser comparados com os shoppings centers, porque não teremos público, neste momento", diz o CEO.

O Campeonato Catarinense tem a vantagem de ser disputado num território pequeno. Com 95 mil quilômetros quadrados, é o sexto menor estado dos 27 da federação. Tem dez clubes, que precisam de seis datas para definir o campeonato. O mata-mata pelo rebaixamento terá Tubarão e Concórdia. As quartas-de-final reunirão Avaí x Chapecoense, Marcílio Dias x Criciúma, Brusque x Joinville, Figueirense x Juventus de Jaraguá do Sul.
A ideia, que depende da aprovação das autoridades de saúde, é jogar em mata mata a partir de 16 de maio, com ida de volta nas quartas e nas semifinais e distância de dois domingos na decisão, entre 31 de maio e 7 de junho.
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »