09/11/2017 às 14h40min - Atualizada em 09/11/2017 às 14h40min

Briga entre detentos termina em morte no presidio regional de Mafra

adjorisc

Um desentendimento entre dois detentos membros de facções criminosas rivais terminou em uma morte na manhã de quarta-feira (8), nas dependências do Presídio Regional de Mafra. Segundo a Polícia Civil, o crime é investigado pela Divisão de Investigação Criminal (DIC).

O suspeito, de 23 anos, foi preso em flagrante e encaminhado para audiência de custódia e enquadrado pelo crime de homicídio qualificado. Segundo o delegado Wanderson Alves Joana, o suspeito era de Itajaí/SC, conhecido pelo apelido Kamikaze e é suspeito de outro homicídio ocorrido em 2016, na Penitenciária de São Pedro de Alcântara, na Grande Florianópolis.

“Ambos foram transferidos para Mafra na terça-feira (7) e estavam em uma mesma sela de adaptação. O preso confessou o assassinato, disse ser faixa preta em artes marciais, eis que pelas circunstâncias impossibilitou a defesa da vítima”, pontuou.

O corpo da vítima foi identificado como sendo de Diego Flores, tinha 19 anos, era natural de Três Barras e conhecido pelo apelido de “Guerra”. A causa da morte é politraumatistimo craniano e estrangulamento.

O gerente do Presídio Regional de Mafra, Helton Neumann Leal, não quis comentar o caso.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »