06/11/2017 às 20h25min - Atualizada em 06/11/2017 às 20h25min

Reforma do CAPS de Papanduva, busca oferecer melhor atendimento aos pacientes

O Governo do Município, através da Secretaria Municipal de Saúde segue realizando reforma estrutural do CAPS (Centro de Atendimento Psicossocial) de Papanduva.
Seguindo as exigências estabelecidas pela Vigilância Sanitária - VISA, desde o início do ano, a entidade segue em obras, e  muita coisa da estrutura já mudou para melhor. As primeiras melhorias foram realizadas no ambiente interno do CAPS com a troca das paredes de madeira por paredes de concreto e substituição do forro de madeira por forro de PVC. Além disso, para garantir acessibilidade, foram construídas rampas, colocadas portas com abertura 90º e um banheiro adaptado para portadores de necessidades especiais.
Recentemente a diretoria do CAPS concluiu a reforma da cozinha. As paredes agora são lisas e laváveis, o ambiente claro e organizado. Foram trocadas a rede elétrica, as luminárias e a pia, além da instalação de telas de proteção contra insetos  nas portas e janelas. O Caps realizou também, a manutenção do fogão (tipo industrial) e manutenção da rede de esgoto.
E as obras não param, agora, com instalação da academia ao  ar livre no pátio, o CAPS deu início a construção de um muro e a posterior instalação de um portão de segurança.
A Secretaria de Saúde está realizando todas estas melhorias com recursos próprios do município. É importante destacar também a ajuda voluntária para a realização destas obras, como mão-de-obra de pintura, construção das telas da cozinha e a doação de materiais para a horta terapêutica.
Para a Secretaria Municipal da Saúde, a realização destas melhorias, além de cumprir uma exigência há anos solicitada pela VISA proporcionará mais conforto e segurança aos servidores e pacientes do CAPS. O Centro de Atendimento Psicossocial atende hoje, em torno de 40 a 50 pacientes diários. Mensalmente, cerca de 320 pacientes são atendidos pelo CAPS em suas três modalidades de tratamento (tratamento intensivo, semi-intensivo e não intensivo).


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »