02/08/2017 às 09h25min - Atualizada em 02/08/2017 às 09h25min

Programa para parar de fumar em Papanduva é oferecido gratuitamente pelo SUS.

Fonte: NASF Papanduva

O programa para cessação de tabagismo é oferecido pelo SUS, realizado pela Secretaria Municipal de Saúde através do NASF (Núcleo de Apoio à Saúde da Família) e foi elaborado pelo Ministério da Saúde em parceria com o Instituto Nacional de Câncer -INCA. É destinado a ir além de ajudar os participantes a deixarem de fumar, ele visa também que eles permaneçam assim por toda a vida, fornecendo-lhes todas as informações e estratégias necessárias para direcionar seus próprios esforços nesse sentido.

Utilizando uma abordagem ativa e pragmática, em que os participantes são incentivados a aplicar o que aprendem com o programa em vários aspectos de sua vida. Este programa consiste em consulta médica  e mais  quatro sessões de grupo (de 10 a 15 pessoas), com duração de cerca de uma hora e meia, uma vez por semana, por um período de quatro semanas.

Os grupos são realizados por profissionais qualificados que abordam os comportamentos, pensamentos e sentimentos dos fumantes, com elementos que são significativos para ajudá-los a parar de fumar e a permanecerem sem cigarros. Utiliza-se também da interação de grupo para incentivar e apoiar as mudanças, sem, no entanto, estimular a dependência dos participantes ao grupo.

Em Papanduva, o programa é realizado por profissionais de saúde, previamente capacitados, formado por médico, enfermeiro, terapeuta ocupacional, psicólogo, assistente social, educador físico e fisioterapeuta. O tratamento para cessação do fumo utiliza tanto a abordagem cognitivocomportamental (ACC), quanto o tratamento farmacológico. Este tipo de abordagem combina intervenções cognitivas com treinamento de habilidades comportamentais, o que é bastante utilizado para o tratamento das dependências químicas. Os componentes principais da ACC (abordagem cognitivocomportamental) envolvem a detecção de situações de risco de recaída e o desenvolvimento de estratégias de enfrentamento. Os estudos mostram que, qualquer que seja a duração dessa abordagem, há um aumento da taxa de abstinência.        

O tratamento medicamentoso pode ser utilizado como um apoio, em situações bem definidas, para alguns pacientes que desejam parar de fumar.

Para maiores informações entrar em contato com o seu agente de saúde ou na unidade básica de saúde mais próxima à sua casa.

 


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »