02/01/2017 às 09h46min - Atualizada em 02/01/2017 às 09h46min

Meninos começam a receber vacina contra o HPV a partir de janeiro

A rede pública de saúde passa a oferecer a vacina contra o HPV (papiloma vírus humano) para meninos de 12 a 13 anos a partir de janeiro, como parte do Calendário Nacional de Vacinação. Serão duas doses, com seis meses de intervalo entre elas. Já para os que vivem com HIV, o esquema vacinal é de três doses, com intervalo de dois e seis meses, respectivamente. Nesses casos, é necessário apresentar prescrição médica.

A faixa etária, conforme o Ministério da Saúde, será ampliada gradativamente até 2020, período em que serão incluídos meninos de nove a 13 anos. A expectativa da pasta é imunizar mais de 3,6 milhões de meninos este ano, além de 99,5 mil crianças e jovens de 9 a 26 anos que vivem com HIV/aids no Brasil. Serão adquiriras, ao todo, 6 milhões de doses ao custo de R$ 288,4 milhões. 

Segundo o governo federal, o Brasil é o primeiro país da América Latina e o sétimo no mundo a oferecer a vacina contra o HPV para meninos em programas nacionais de imunização. Estados Unidos, Austrália, Áustria, Israel, Porto Rico e Panamá já fazem a distribuição da dose para adolescentes do sexo masculino. Existem mais de 150 tipos, sendo que cerca de 40 podem infectar o trato ano-genital.

Fonte: A Notícia


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »