05/12/2016 às 14h12min - Atualizada em 05/12/2016 às 14h12min

Santa Terezinha foi a cidade que mais desmatou no estado entre 2014 e 2015

Nos últimos 30 anos, 12 municípios de Santa Catarina estão entre os 100 que mais desmataram no país, informou a Fundação SOS Mata Atlântica e o Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE) nesta sexta-feira (2). A ONG avaliou 3.429 cidades brasileiras que aplicam a Lei da Mata Atlântica.

Conforme o balanço do Atlas dos Municípios da Mata Atlântica, entre 1985 e 2015, estas cidades catarinenses perderam uma área de 79.586 mil hectares de vegetação de Mata Atlântica.

Entre 2014 e 2015, Santa Terezinha, no Alto Vale do Itajaí, foi a cidade que mais desmatou no estado, eliminando 75 hectares de mata nativa. Na sequência, estão Mafra, no Norte catarinense, com 59 hectares, e Água Doce, no Oeste, com 38 hectares.

Bom Jardim é a 3ª mais preservada do país
Entretanto, em comparação com demais municípios do país, o estado também tem a 3ª cidade mais preservada proporcionalmente. Bom Jardim da Serra, na Serra catarinense, manteve 92,7% do bioma natural desta vegetação preservado, que equivale a 86.749 hectares.

Outras duas cidades da Serra catarinense também estão entre as mais preservadas. Urupema manteve  86,6% da sua mata preservada, um total de 30.328 e São Joaquim, com 86% preservado, 162.71 hectares naturais.

A relação completa de municípios está disponível no site do SOS Mata Atlântica.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »